Hidrelétrica

Saiba mais sobre Hidrelétrica

A energia elétrica proveniente das hidrelétricas é obtida a partir do aproveitamento de um desnível em determinado curso d’água. As usinas devem ser construídas em rios perenes tendo em vista a otimização do aproveitamento do fluxo de água, no desnível do curso do rio. Para que o processo seja executado é necessária a construção de uma edificação com turbinas hidráulicas instaladas e acopladas a um gerador que convertem a energia mecânica/potencial da água em energia elétrica.

Entenda o processo básico:

A diferença do nível d’água entre dois pontos de um rio está associada a uma energia denominada energia potencial. A energia potencial estática da água é transformada em energia cinética a partir do momento em que ele entra em movimento. A energia cinética da água em movimento é transportada e aumentada a medida que é transportada por tubulações do ponto mais alto para o mais baixo, dentro das usinas. A água em velocidade entra em contato com as turbinas, dessa forma a energia transforma-se em energia mecânica pela rotação do eixo da turbina, eixo este que por sua vez é conectado a um gerador que transforma magneticamente a energia mecânica em energia elétrica.

A eficiência dessas fontes de energia é extremamente alta, chegando em torno de 90%. Aproximadamente 20% da energia elétrica gerada no planeta provêm de centrais hidrelétricas. No Brasil a energia hidrelétrica é responsável por 75 milhões de kW.

Tipos de Centrais Hidrelétricas::

CGH´s com potencial inferior a 5,00 MW;

Potencial hidráulico igual ou inferior a 5MW, normalmente com reservatórios a fio d’água;

PCH´s com potencial entre 5,00 e 30,00 MW;

Capacidade instalada entre 5,00 MW e 30MW, cuja área do reservatório seja inferior a 3 Km² (300 ha);

UHE com potencial superior a 30,00 MW;

Capacidade instalada superior a 30,00 MW;


Whatsapp Lindner Whatsapp Lindner